Anúncios

Nos últimos dias estamos ouvindo falar muito sobre essa doença que é transmitida pelo carrapato e que vem assombrando muito as pessoas, por que afinal, estamos no Brasil e sabemos que muitos dos nossos animais estão susceptíveis a este parasita. Então vamos entender melhor sobre isso.

Anúncios

O que é febre maculosa?

A Febre Maculosa, também conhecida como Doença do Carrapato, é uma enfermidade infecciosa aguda de caráter grave que se caracteriza por uma febre alta, causada pela bactéria Rickettsia rickettsii.

Esta bactéria é transmitida aos seres humanos principalmente por meio da picada de carrapatos infectados, se tornando um sério problema de saúde pública em diversos lugares do mundo.

Anúncios

Febre Maculosa Brasileira

No Brasil, a Febre Maculosa é uma preocupação crescente, nos últimos dias estamos em estado de alerta devido aos casos que ocorreram. Em diversas regiões do país, os casos vêm se multiplicando, demonstrando que a doença não está restrita a uma localização específica, mas se alastra por várias partes do território brasileiro.

Anúncios

Os carrapatos das espécies Amblyomma cajennense, popularmente conhecidos como carrapato-estrela, e a espécie Rhipicephalus sanguineus, ou carrapato de cães, são os vetores mais comumente associados à transmissão da doença em solo brasileiro.

Quem pode pegar a Febre Maculosa
Carrapato Estrela (Amblyomma cajennense)

Que sintomas uma pessoa com febre maculosa pode ter?

Os sintomas da Febre Maculosa são variados, facilitando serem confundidos com outras enfermidades, o que torna seu diagnóstico um desafio.

Geralmente, os primeiros sintomas manifestam-se de forma semelhante a uma gripe comum: febre alta, dores de cabeça intensas, dores musculares e mal-estar geral. Com o avanço da doença, surgem manchas avermelhadas na pele, característica que dá origem ao nome “maculosa”.

Quantos dias para manifestar a febre maculosa?

O período de incubação da doença, ou seja, o intervalo entre a picada do carrapato e o início dos sintomas, varia geralmente de 2 a 14 dias.

Este amplo intervalo pode dificultar ainda mais o diagnóstico, pois permite que os sintomas sejam facilmente atribuídos a outras doenças comuns.

Quem pode pegar a febre maculosa?

A Febre Maculosa não faz distinção entre suas vítimas: qualquer pessoa, independentemente da idade ou gênero, pode contrair a doença. No entanto, pessoas que vivem ou frequentam áreas rurais ou que têm contato com animais domésticos infestados por carrapatos têm um risco maior.

Profissionais que trabalham em ambientes convidativos à expectativas de carrapatos, como veterinários, agricultores e trabalhadores florestais, também estão entre os mais propícios a pegá-la.

Tem vacina contra febre maculosa?

Infelizmente, até o momento, não existe uma vacina para prevenção da Febre Maculosa. A principal estratégia de prevenção ainda é a conscientização sobre a existência da doença e a adoção de medidas para evitar a picada de carrapatos, como o uso de repelentes, vestuário adequado e comprovado corporal após exposição a áreas de risco.

Febre maculosa tem cura?

Sim, tem cura. A terapia mais comumente empregada envolve o uso de antibiótico, sob prescrição médica.

Anúncios

O início do tratamento deve ocorrer imediatamente após a identificação dos primeiros sintomas, mesmo antes da confirmação laboratorial, já que o início rápido do tratamento pode prevenir a evolução para formas graves da doença e diminuir o risco de mortalidade.

O cenário se complica quando a doença não é tratada a tempo. Se ignorada ou não diagnosticada, a ela pode evoluir para várias formas, levando a complicações como meningoencefalite, insuficiência respiratória, renal, lesões cardíacas e choque séptico, que podem ser fatais.

A importância da Prevenção e Conscientização

A chave para o combate eficaz à Febre Maculosa é a prevenção e a conscientização. É de suma importância que as pessoas tenham conhecimento sobre a doença, suas formas de transmissão e prevenção.

Anúncios

Informações sobre como proceder ao encontrar um carrapato no corpo, a necessidade de cuidados especiais ao visitar áreas onde a presença de carrapatos é comum e a importância de manter os animais domésticos livres desses parasitas podem salvar vidas.

Além disso, o papel dos profissionais de saúde é crucial nesse cenário. Eles devem estar preparados para reconhecer os sintomas da doença e iniciar o tratamento o mais rápido possível.

Ela é uma doença de notificação compulsória e os profissionais de saúde devem notificar os casos suspeitos e confirmados às autoridades de saúde. Esta medida permite monitorar a doença, estudar sua distribuição geográfica e prevalência em diferentes regiões, e implementar medidas de controle efetivas.

Controle de carrapatos e reservatórios

O controle da população de carrapatos é outro aspecto fundamental para a prevenção da Febre Maculosa. Isso pode ser realizado por meio de ações de manejo ambiental, como limpeza de terrenos, controle de pragas e animais que podem ser reservatórios de bactérias, como capivaras e roedores.

Febre Maculosa - Controle de carrapatos e reservatórios

Além disso, os proprietários de animais de guarda devem manter a higiene e o controle de parasitas de seus animais de estimação sempre em dia, uma vez que eles podem trazer carrapatos para dentro de casa.

Estratégias de Saúde Pública

Programas de saúde pública devem ser implementados para orientar a população sobre as formas de prevenção, sintomas e tratamento da Febre Maculosa. As escolas, os locais de trabalho e as comunidades devem ser incentivados a participar de programas de educação em saúde, para garantir que todos estejam cientes dos riscos associados à doença e das medidas que podem ser tomadas para prevenção.

Conclusão

Em suma, a Febre Maculosa é uma doença infecciosa que requer atenção constante da população e das autoridades de saúde. Por meio da educação, conscientização, adoção de medidas preventivas efetivas e diagnóstico precoce, podemos reduzir a incidência da doença e garantir a saúde e o bem-estar de todos.

Agora que você está ciente do que se trata, dos riscos e forma de prevenção, cuide-se e cuide de quem você quer bem!

Perguntas frequentes sobre Febre Maculosa

Curiosidades

  • O que é Febre Maculosa?

    A Febre Maculosa, também conhecida como Doença do Carrapato, é uma enfermidade infecciosa aguda de caráter grave que se caracteriza por uma febre alta, causada pela bactéria Rickettsia rickettsii. Esta bactéria é transmitida aos seres humanos principalmente por meio da picada de carrapatos infectados, se tornando um sério problema de saúde pública em diversos lugares do mundo.

    Clique e adicione Pitada de Saúde ao seu feed do Google Notícias:


  • Que sintomas uma pessoa com Febre Maculosa pode ter?

    Os sintomas da Febre Maculosa são variados, facilitando serem confundidos com outras enfermidades, o que torna seu diagnóstico um desafio. Geralmente, os primeiros sintomas manifestam-se de forma semelhante a uma gripe comum: febre alta, dores de cabeça intensas, dores musculares e mal-estar geral. Com o avanço da doença, surgem manchas avermelhadas na pele, característica que dá origem ao nome “maculosa”.

    Clique e adicione Pitada de Saúde ao seu feed do Google Notícias:


  • Quantos dias para manifestar a Febre Maculosa?

    O período de incubação da doença, ou seja, o intervalo entre a picada do carrapato e o início dos sintomas, varia geralmente de 2 a 14 dias. Este amplo intervalo pode dificultar ainda mais o diagnóstico, pois permite que os sintomas sejam facilmente atribuídos a outras doenças comuns.

    Clique e adicione Pitada de Saúde ao seu feed do Google Notícias:


  • Quem pode pegar a Febre Maculosa?

    A Febre Maculosa não faz distinção entre suas vítimas: qualquer pessoa, independentemente da idade ou gênero, pode contrair a doença. No entanto, pessoas que vivem ou frequentam áreas rurais ou que têm contato com animais domésticos infestados por carrapatos têm um risco maior. Profissionais que trabalham em ambientes convidativos à expectativas de carrapatos, como veterinários, agricultores e trabalhadores florestais, também estão entre os mais propícios a pegá-la.

    Clique e adicione Pitada de Saúde ao seu feed do Google Notícias:


  • Tem vacina contra Febre Maculosa?

    Infelizmente, até o momento, não existe uma vacina para prevenção da Febre Maculosa. A principal estratégia de prevenção ainda é a conscientização sobre a existência da doença e a adoção de medidas para evitar a picada de carrapatos, como o uso de repelentes, vestuário adequado e comprovado corporal após exposição a áreas de risco.

    Clique e adicione Pitada de Saúde ao seu feed do Google Notícias:


  • Febre Maculosa tem cura?

    Sim, tem cura. A terapia mais comumente empregada envolve o uso do antibiótico doxiciclina, sob prescrição médica. O início do tratamento deve ocorrer imediatamente após a identificação dos primeiros sintomas, mesmo antes da confirmação laboratorial, já que o início rápido do tratamento pode prevenir a evolução para formas graves da doença e diminuir o risco de mortalidade.

    Clique e adicione Pitada de Saúde ao seu feed do Google Notícias:


Veja também:

7 Maneiras de como se livrar dos mosquitos

Como se livrar das baratas: 13 cheiros para afastá-las

Curtiu este artigo? Então conte para nós no comentário abaixo. Compartilhe com seus amigos e familiares! Para mais conteúdo como este, fique mais perto da gente e siga nossas redes socias: FACEBOOKINSTAGRAMPINTEREST.

Clique e adicione Pitada de Saúde ao seu feed do Google Notícias:

Categorizado em: