Anúncios

As plantas suspensas são espécies de plantas cujas folhas e galhos, depois de suspensos do solo, se desenvolvem para baixo e formam uma cascata.

Anúncios

Desta forma, são variedades ideais para a construção de jardins verticais suspensos, ideais para quem mora em locais pequenos como apartamentos.

Por isso são excelentes espécies, ideais para proporcionar decoração e paisagismo do ambiente.

Anúncios

Desta forma, vamos falar sobre algumas plantas suspensas ideais para decorar o seu espaço verde.

Então fique conosco e conheça sobre essas plantas.

Anúncios

Plantas Suspensas:

Se você quer trazer mais vida e beleza para sua casa, as plantas são uma ótima opção.

Elas são fáceis de cuidar e podem ser colocadas em diversos lugares, desde o teto até as paredes.

Além disso, são uma ótima opção para quem tem pouco espaço e quer dar um toque de verde ao ambiente.

Neste artigo, irei te apresentar as 17 melhores espécies de plantas suspensas para colocar em casa. Confira:

Tipos de plantas suspensas

1. Samambaia calaguala – Phlebodium decumanum (Willd.)

Samambaia calaguala - Phlebodium decumanum (Willd.)
Samambaia calaguala – Phlebodium decumanum (Willd.)

Samambaia, calaguala, capim-macaco, estas, entre muitas outras nomenclaturas, são atribuídas a Phlebodium decumanum (Willd.), espécie de caráter pendente.

As samambaias são plantas pteridoterófitas nativas da África, América e Ásia e estão entre as plantas mais raras.

As samambaias têm folhas verdes claras, formam touceiras volumosas e são bem conhecidas pela decoração de interiores.

É uma espécie amplamente cultivada em vasos e vasos suspensos, em varandas, salas e terraços.

Anúncios

As samambaias devem ser cultivadas à sombra, evitando a luz solar direta, pois os raios do sol podem secar as folhas.

Além disso, o solo deve permanecer úmido para evitar o excesso de água em suas raízes.

Recomenda-se também plantar samambaias em vasos com fibra de coco, ideal para manter a umidade na planta.

A samambaia é uma planta muito utilizada na decoração de casa/apartamento/escritório, entre outros ambientes internos.

Anúncios

Muitas pessoas não sabem que existem espécies com comercialização proibida.

Isso mesmo, a samambaia possui uma espécie chamada “Xaxim” (Dicksonia sellowiana), que está proibida de comercialização.

No Brasil também é conhecido como samambaiaçu e samambaiaçu-imperial.

Essa espécie era utilizada pelo caule, essencial para a confecção de vasos e projetos de arte, e também para suporte de bromélias e orquídeas.

Graças a essas e muitas outras atividades, a samambaia foi incluída na lista do IBAMA de espécies ameaçadas de extinção.

Samambaia americana (Nephrolepis exaltata)
Samambaia americana (Nephrolepis exaltata)

2. Samambaia americana (Nephrolepis exaltata)

A Samambaia americana é uma planta fácil de cultivar e manter. Ela se adapta bem a ambientes internos e externos, mas prefere locais com sombra e umidade.

Além disso, é uma ótima opção para quem quer melhorar a qualidade do ar, pois ela é capaz de remover toxinas como formaldeído e benzeno.

3. Planta aranha (Chlorophytum comosum)

A Planta aranha é uma das plantas mais populares para ambientes internos. Ela é fácil de cuidar e se adapta bem a diferentes condições de luz.

Além disso, é uma ótima opção para quem tem animais de estimação, pois ela é considerada segura para cães e gatos.

Planta aranha (Chlorophytum comosum)
Planta aranha (Chlorophytum comosum)

4. Hera inglesa (Hedera helix)

A Hera inglesa é uma planta que se adapta bem a ambientes internos e externos. Ela é fácil de cultivar e pode ser colocada em vasos ou em paredes.

Além disso, é uma ótima opção para quem quer dar um toque de verde ao ambiente, pois suas folhas são bastante decorativas.

Decoração com plantas suspensas

A decoração com plantas dependuradas está se tornando uma tendência que vem ganhando muito mais espaço na decoração de interiores.

Além de ser uma forma criativa de trazer a natureza para dentro de casa, esse tipo de decoração com plantas também pode ser uma solução para quem tem pouco espaço disponível para cultivar plantas.

Além disso, essa técnica pode ser combinada com outros elementos decorativos, como quadros, espelhos e móveis, criando uma decoração única e personalizada. Então vamos continuar.

5. Columeia (Columnea)

A Columeia é uma planta com flores que pode ser cultivada em ambientes internos. Ela se adapta bem a locais com sombra e umidade e é bastante resistente a pragas e doenças.

Além disso, suas flores são bastante decorativas e podem durar até algumas semanas.

6. Antúrio (Anthurium andraeanum)

Antúrio (Anthurium andraeanum)
Antúrio (Anthurium andraeanum)

O Antúrio é uma planta com flores que pode ser cultivada em ambientes internos.

Ela se adapta bem a locais com sombra e umidade e suas flores são bastante decorativas.

Além disso, é uma ótima opção para quem quer melhorar a qualidade do ar, pois ela é capaz de remover toxinas como amônia e xileno.

7. Singônio (Syngonium podophyllum)

O Singônio é uma planta fácil de cultivar e se adapta bem a ambientes internos.

Ela pode ser cultivada em vasos suspensos e é uma ótima opção para quem quer dar um toque de verde ao ambiente.

Além disso, suas folhas são bastante decorativas e podem ter diversas cores e formas.

8. Orquídea (Orchidaceae)

As orquídeas são plantas suspensas populares por suas flores exóticas e elegantes.

Elas são ótimas opções para ambientes internos bem iluminados, mas é importante lembrar que elas devem ter cuidados específicos, como umidade e ventilação conveniente.

Plantas suspensas na parede

As plantas dependuradas na parede é uma técnica que consiste em fixar suportes na parede e pendurar vasos de plantas neles, criando uma parede verde e aconchegante.

Além de ser uma solução para quem tem pouco espaço disponível, as plantas dependuradas na parede também podem ser utilizadas como um elemento decorativo, criando um visual único e elegante.

É importante escolher plantas que se adaptem bem a esse tipo de cultivo, e cuidar da irrigação e iluminação adequada para manter as plantas saudáveis ​​e bonitas.

Todas as plantas listadas neste artigo podem ser utilizadas para essa finalidade, então vamos prosseguir com a leitura.

9. Jiboia (Epipremnum pinnatum)

A Jiboia pode ser cultivada em vasos suspensos pois também é uma planta trepadeira que.

Ela se adapta bem a ambientes internos e externos, mas é importante lembrar que ela pode se tornar invasiva se não for podada regularmente.

Além disso, suas folhas são bastante decorativas e podem ter diversas cores e formas.

10. Flor-de-maio ​​(Schlumbergera truncata)

A Flor-de-maio ​​é uma planta com flores que pode ser cultivada em ambientes internos.

Ela se adapta bem a locais com sombra e umidade e suas flores são bastante decorativas.

Além disso, é uma ótima opção para quem quer dar um toque de cor ao ambiente.

11. Peixinho (Nematanthus spp.)

Peixinho (Nematanthus spp.)
Peixinho (Nematanthus spp.)

O Peixinho é uma planta com flores que pode ser cultivada em ambientes internos.

Ela se adapta bem a locais com sombra e umidade e suas flores são bastante decorativas.

Além disso, é uma ótima opção para quem quer dar um toque de cor ao ambiente.

12. Rhipsalis (Rhipsalis spp.)

A Rhipsalis é uma planta fácil de cuidar e se adapta bem a ambientes internos.

Ela é uma ótima opção para quem quer dar um toque de verde ao ambiente, pois suas folhas são bastante decorativas e podem ter diversas formas.

13. Cacto de Natal (Schlumbergera spp.)

Cacto de Natal (Schlumbergera spp.)
Cacto de Natal (Schlumbergera spp.)

O Cacto de Natal é uma planta com flores que pode ser cultivada em ambientes internos.

Ela se adapta bem a locais com sombra e umidade e suas flores são bastante decorativas.

Além disso, é uma ótima opção para quem quer dar um toque de cor ao ambiente.

14. Maranta (Maranta leuconeura)

A Maranta é uma planta fácil de cuidar e se adaptar bem a ambientes internos.

Ela é uma ótima opção para quem quer dar um toque de verde ao ambiente, pois suas folhas são bastante decorativas e podem ter diversas cores e formas.

15. Musgo-espanhol (Tillandsia usneoides)

O Musgo-espanhol é uma planta suspensa diferente, que não precisa de terra para sobreviver.

Ela se adapta bem a ambientes internos e externos e é uma ótima opção para quem quer uma planta suspensa fácil de cuidar.

Além disso, é uma ótima opção para quem quer dar um toque de verde ao ambiente de forma criativa.

Plantas Suspensas

16. Peperômia

A peperômia também é uma espécie entre as plantas suspensas amplamente utilizada para a decoração de jardins suspensos.

Existem diversas variedades de peperômia, mas a mais comum é o filodendro com folhas em tons de verde, em formato de coração, ou seja, em formato de coração e com bordas esbranquiçadas.

Esta variedade é originária da América Central e do Sul, tem caráter herbáceo e é uma das principais apostas para a composição de vasos suspensos.

Dessa forma, é ideal cultivar a peperômia em ambiente com sombra parcial ou luz difusa, evitando a luz solar direta.

A rega deve ser controlada, o solo deve estar úmido e esperar que o solo seque antes de regar novamente.

Para tornar o filodendro mais espetacular, você pode aplicar fertilizante NPK 10:10:10 entre a primavera e o verão.

17. Violeta Pendente

Plantas Suspensas

Por último, mas não menos importante, está o Streptocarpus saxorum, também conhecido como pingente roxo.

Originária do Quênia e da Tanzânia, esta espécie é herbácea, perene e suculenta, de caráter rasteiro e ornamental.

Por isso tem folhas pequenas, carnudas e ovais e flores igualmente pequenas, com um tubo branco e lóbulos lilás e roxos.

Por isso, essa espécie proporciona o charme e as árvores do ambiente e é ideal para contrastar com outras plantas suspensas do jardim suspenso.

Assim como outras plantas penduradas, a luz também deve ser filtrada para evitar o contato direto e total com o sol, pois também são espécies mais indicadas para locais sombreados.

Além disso, é necessário regar regularmente, manter o solo sempre úmido, umedecer diretamente o substrato, evitar folhas e flores.

Por fim, recomenda-se a poda da planta durante o inverno, período em que a espécie entra em fase de dormência, o que promove mais florescimento.

Conclusão

Com estas 17 opções de plantas suspensas, você pode escolher aquelas que melhor se adaptam ao seu ambiente e ao seu estilo pessoal.

Lembre-se sempre de fornecer os cuidados específicos que cada planta precisa, como rega, iluminação adequada e fertilização, para que elas possam prosperar e enriquecer o seu espaço.

Espero que este guia tenha ajudado você a descobrir novas opções de plantas suspensas para trazer para a sua casa.

Não importa qual planta você escolheu, cuide com carinho e ela certamente irá retribuir com beleza e vitalidade.

Veja também:

Abóbora de pescoço: Origem, curiosidades e receitas

Suflê de cenoura – Receita, história e curiosidades

Como plantar cenouras: 6 coisas que você precisa saber

12 Receitas Caseiras para Hidratar o Cabelo

Flor Brinco de Princesa: Aprenda a Cultivar essa Belezura

Fertilizantes Caseiros: Veja os 2 Principais Tipos e Saiba como Prepará-los

Como Plantar Tomates em Vasos

Curtiu este artigo? Então conte para nós no comentário abaixo. Compartilhe com seus amigos e familiares! Para mais conteúdo como este, fique mais perto da gente e siga nossas redes socias: FACEBOOKINSTAGRAMPINTEREST.

Clique e adicione Pitada de Saúde ao seu feed do Google Notícias:

Categorizado em: